sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Gestão de Estoque de fraldas

Pois é... não consigo deixar de fazer link do meu trabalho com a minha vida de mãe, e algo que é fundamental em uma empresa é a gestão de estoque. Se for uma grande empresa terá um sistema para fazer esse controle, já uma pequena empresa provavelmente terá o bom e velho caderno para fazer esse controle.

Caso você não tenha nem o caderno, borá adotar, pois a gestão do estoque é um ponto bem importante, principalmente se você lida com produtos perecíveis.

No meu caso fizemos um baita chá de bebê e ganhamos muitas fraldas, meu desafio inicial foi só separar em tamanhos: Recém Nascido, P, M, G e GG, mas quando passei a usar o tamanho P na minha filha percebi que cada marca adota pesos diferentes para o tamanho..., isso mesmo! Existe P para até 7,5 Kg, mas tem também P para até 5 kg e descobri isso bem próximo da minha filha completar 5 Kg, então provavelmente terei que doar os pacotes de fraldas tamanho P até 5 Kg, pois estão pequenas para ela!


Uma outra marca tem o tamanho P para peso até 6 Kg, e então passei a separar no meu estoque as fraldas por peso e não por tamanho. 

Essa é uma grande dica para quem ganhar fraldas em quantidade como aconteceu comigo!

Espero que tenham gostado, pois gestão de estoque é muito importante para não ter desperdício.

Beijos




quinta-feira, 1 de junho de 2017

Evento AMCHAM | Crise de Marca

No dia 26/05 participei de uma evento na AMCHAM que faz parte do comitê de Marketing, o tema foi Crise de marca e o evento foi muito bom, por isso não poderia deixar de compartilhar com vocês! Segue abaixo minhas anotações:

O primeiro palestrante foi o Alexandre Salvador, da ESPM:
- sociedade mais crítica, mais antenada e conectada;
- os órgãos fiscalizadores também estão mais atuantes;
- mesmo que não tenha culpa você precisa se explicar, se não a crise será pior;
- o melhor hoje já é fazer uma gestão de risco, a prevenção ainda é o melhor negócio;
- tenham tempo e construam um canal de relacionamento com o seu cliente;
- se identificar o problema antes, você pode ter uma crise silenciosa para resolver;
- monitorar as redes sociais hoje em dia é o mínimo;
- a boa crise é a que ninguém ficou sabendo;
- crise de marca é um tema de responsabilidade social, pois inclui fatores econômicos, ambientais e humanos;
- aumentar prevenção + melhorar gestão = responsabilidade social

O segundo palestrante foi o Flávio Castro, da FSB Comunicação:
- as marcas e empresas estão com vigilância constante, não só pelos órgãos reguladores, mas também pelos clientes;
- o mundo passou a ser ao vivo depois das mídias sociais;
- temos muitos exemplos de gafe, por conta de respostas mal formulada pelos lideres das empresas;
- um exemplo foi da empresa United, pois tiveram um vídeo que viralizou mostrando a retirada de um passageiro de um voo super lotado e depois o pedido de desculpas do CEO, segue abaixo primeiro o vídeo dos funcionários tirando os passageiros e depois a fala do CEO no twitter pedindo desculpa por essa retirada:




- outro exemplo apresentado foi o do nosso presidente, Michel Temer, sobre o pronunciamento sobre o Dia Internacional das Mulheres, repercussão essa internacional, inclusive, assista:


- a preparação de um porta voz com um bom discurso faz toda a diferença, outro exemplo é a Dilma se complicando para explicar aos jornalistas sobre gastos com uma viagem internacional:


- a melhor forma é aceitar a crise e resolver, a repercussão pode ser bem pior se for tratada como só mais uma situação do dia a dia, mas esteja bem preparado para que a crise não fique maior;
- a mensagem precisa estar clara e o porta voz treinado.

O terceiro palestrante foi o Rodrigo Lacerda, da Itambé:
- ele apresentou o case do Itambezinho, onde uma criança morreu após tomar o produto. A repercussão foi gigante, de grandes proporções, que afetou não só a empresa, mas toda a linha de produtos de achocolatados parecidos;
- a primeira grande dica é o controle emocional, juntar tudo e todos os envolvidos na situação para fazer todas as devidas analises;
- a segunda grande dica é buscar pela verdade com laudos e documentos oficiais, sem levantamento de hipóteses que tendem a só piorar as coisas;
- ponderação, equilibrio e busca por informações verdadeiras antes de compartilhar qualquer coisa;
- nesse caso especifico foi comprovado que a marca não teve culpa na morte da criança e isso foi publicado com muito respeito, pois de qualquer forma teve a morte de uma criança envolvida, segue o vídeo:


Após os vídeos e as dicas consigo tirar vários aprendizados, e espero que vocês tenham também conseguido aprender com o que relatei aqui!

Até uma próxima!

Beijos

Finalização do curso de gastronomia no Senac

Participei segunda passada (29/05), mais uma vez, do evento que faz parte da disciplina conhecida como Projeto Integrador e nesse caso faz parte também da finalização do curso tecnologia em gastronomia do Centro Universitário Senac.

Como sempre os alunos realizam um excelente trabalho e os docentes estão de parabéns pelo trabalho de apoio e suporte dado aos alunos!

Fui convidada para falar de empreendedorismo e aproveitei que estavam com dois temas que adoro, lixo mínimo e voluntariado, para falar que acredito muito que no futuro teremos mais parcerias onde todos se ajudam, se divulgam e cresçam juntos. Que essa será uma nova economia, mais solidária e sustentável.

O grupo também teve o apoio da autora Gil Gondim, do livro Conservas do meu Brasil, da editora Senac SP que de lembrancinha deu um pote de conserva para cada participante do evento, outro apoio foi o sake utilizado, que também foi por meio de parceria e é excelente!

Seguem algumas fotos da atividade:














Beijos

segunda-feira, 29 de maio de 2017

A maternidade para uma empreendedora

Só tomei a decisão de ser mãe após encontrar um companheiro maravilhoso, carinhoso e que tenho certeza que será um Pai excelente! Decisão essa, confesso, não muito fácil para uma mulher como eu, pois me dizem que terei que viver para a minha filha, que a vida mudou, para que eu esqueça as viagens à passeio ou à trabalho, as baladas e toda a vida divertida com amigos que eu adoro... Essa parte quero tentar fazer diferente e mostrar que conseguirei manter a minha vida e não me anular por conta da minha filha! Daqui alguns meses conto para vocês aqui como estou me adaptando a essa nossa fase, tá?!

Depois da decisão de ser mãe comecei a sentir as mudanças físicas no meu corpo, que ficou mais inchado e cansado, quando a barriga explodiu foi então que surtei!!! E aí me falaram que existem dois tipos de mulheres: as que amam a barriga e as que odeiam, e eu faço parte das que odeiam! Amo minha filha, mas essa barriga não me pertence e não vejo a hora de voltar para a academia e para as minhas corridas! Outra parte não muito fácil são os hormônios, caraca, como eles são intensos e me deixaram mais maluca! Momentos de euforia, risadas, choro e de me achar a mulher mais feia do mundo, mesmo com todos falando que estou linda, iluminada, radiante... Agora no final então nem conto para vocês o que tem acontecido, mudo de opinião a cada segundo!

Ontem fui dormir triste, pois estou feia, inchada, com mancha no rosto e com essa barriga gigante, e acordei me achando linda! E a Valentina fará hoje comigo a última palestra "Vida de Empreendedora" para os alunos da gastronomia do Centro Universitário Senac! =)

Essa foto é nossa saindo hoje de manhã para o trabalho e a outra faz 2 semanas nossa última saída para o bar:



Agora estou na ansiedade pela chegada dela, que também me falaram que essas últimas semanas passam devagar, mas confesso que até agora voou e será minha última segunda-feira de trabalho sem ela! Trabalho esse no Senac, pois quero reestruturar os Nossos Peludos para voltar com força total, também escrever mais aqui para o blog e preparar uma nova palestra Vida de Empreendedora - depois da maternidade.

Estava com uns 6 meses de gestação e ouvi a Ana Fontes, fundadora da Rede Mulher Empreendedora, dizer "Quando nasce uma mãe, nasce uma empreendedora!", quando ouvi pensei... "Ferrou! O que mais vou fazer após a chegada da Valentina! rsrsrs"

Logo volto com novidade!!!

Beijos



segunda-feira, 15 de maio de 2017

Feliz Dia das Mães 20017


Já me considero mãe faz tempo, alguns não acham normal, mas fui mãe do Catú, e hoje sou mãe da Nina, da Serena, da Chicabon e agora da Valentina que está chegando!

E como dizem: "cada experiência é única" e eu não tenho dúvidas! Também não tenho dúvidas que ser mãe de cachorro e gato é bem mais fácil, pois pelo menos até agora ainda não identifiquei o lado bom da maternidade humana... 

Por isso deixo aqui os meus parabéns para todas as mães, mas em especial as mães de humanos!
Parabéns por carregar por 9 meses um ser humano em formação dentro da barriga (parece filme de ficção científica!), parabéns pelas noites mal dormidas, parabéns por ficar sem beber, por diminuir as baladas, por ficar com uma barriga gigante, cheia de estrias e se achando a mulher mais feia do mundo!

Parabéns também por ter a sensação maravilhosa de sentir seu bebê mexendo, de se emocionar com cada ultrassom, com cada carinho recebido na barriga!

Cada dia mais tenho a certeza que os parabéns precisam ser todos os dias para o resto de nossas vidas!


Enquanto a Valentina não nasce é esse a minha realidade, mas aguardo por fortes emoções em breve e com muitas aventuras, ela será minha ação mais empreendedora de todas! rsrsrs 

Feliz Dia das Mães!!!

Beijos =)

Virada Empreendedora 2017

Virada Empreendedora realizará mais de 100 palestras em 2 dias


Sétima edição do evento acontece em junho, em São Paulo, e abordará tendências e inovação no empreendedorismo


Acontece nos dias 10 e 11 de junho, na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo, a 7ª edição da Virada Empreendedora. O evento com o tema “Tendências e Inovação no Empreendedorismo” contará com mais de 100 palestras sobre empreendedorismo no Brasil. O encontro traz conteúdo para os mais variados públicos: empreendedores experientes, microempreendedores, profissionais liberais, startups, estudantes e interessados em inovação e tecnologia.

A Virada Empreendedora é realizada de forma totalmente colaborativa, seja por parte dos curadores das “arenas de conteúdo”, e/ou pelas parcerias estratégicas de serviços e materiais para a realização do evento. Serão mais de 10 arenas temáticas de conteúdo, além de workshops e salas de mentorias dinâmicas, haverá ainda um local de exposição para projetos de impacto social.

As atividades são divididas entre os principais temas: Inspiração, Arena Digital, Negócios Sociais, Sua Empresa Vai Virar, Futurismo e Inovação, E-Commerce, Startups, Melhores Mentores, Tech For Teens e Investidores. A novidade desta edição é a “Casa das Empreendedoras”, uma arena especial para abordar o empreendedorismo feminino.

“A nossa programação é dividida em diversas áreas e para todo o tipo de público, tudo em busca de oferecer uma experiência incrível. Para você ter ideia, no ano passado foram mais de 2500 participantes, mais de 90 palestrantes e 100 empreendedores atendidos em mentorias”, explica Ana Lúcia Fontes, curadora da Virada Empreendedora e fundadora da Rede Mulher Empreendedora, o portal de apoio a mulheres de negócios.

Serviço
- Evento: VII Virada Empreendedora
- Data e Horário: das 14h às 22h do dia 10 de junho e 08h às 14h do dia 11 de junho
- Local: Fundação Getúlio Vargas – FGV Campus São Paulo. Rua Itapeva, 432, Bela Vista, São Paulo. Próximo ao metrô Trianon MASP.


quinta-feira, 16 de março de 2017

Resultados Nossos Peludos | Fevereiro

No mês de fevereiro não tivemos um valor significativo com as assinaturas e venda dos brownies, mas mesmo assim conseguimos fazer a doação de 75 Kg de ração para a protetora Renata Mourão, da  ONG 4Patacas, que está localizada no Vale do Jequitinhonha.

Segue abaixo fotos da entrega da ração:





A ração entregue foi principalmente para contribuir com o Pitbull, pois ele acabou de ser resgatado do antigo dono. 

É muito gratificante saber que o nosso trabalho chega mais longe do que imaginamos, segue abaixo o gráfico de resultados dos Nossos Peludos:



Beijos =)


terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Palavra do ano: Bom Senso



Todo ano escolho uma palavra que define o que estou buscando e esse ano escolhi a palavra bom senso, abaixo apresento uma rápida pequisa que fiz no site dicionário informal com o significado:



Algumas pessoas me questionaram porque dessa palavra e explico aqui que é porque sinto que é isso que está faltando para um mundo melhor, veja alguns exemplos:

  -   Bom senso de ficar do lado direito da escada rolante e deixar quem quiser andar do lado esquedo;
  -     Bom senso de não jogar o chiclete, a bituca do seu cigarro ou qualquer lixo na rua, você joga na sua casa?;
  -     Bom senso de pensar mais no coletivo e menos no individual;
  -      Bom senso de deixar sua calçada em ordem para os pedestres;

   -    Bom senso de separar o lixo, economizar água e luz, por você e pelo planeta;
      Bom senso para se colocar no lugar do outro e não fazer com ele o que não gostaria que fizessem com você;

Lógico que são só alguns exemplos, por isso minha campanha para que todos comecem a usar mais dessa palavrinha mágica!



Pensou em mais alguma forma de aderir a campanha? Deixe nos comentários o que deseja compartilhar com todos!

Desejo para vocês muito bom senso em 2017! =)


Beijos =)